Ozônio: saiba que ele é?

 

Propriedades do ozônio

O ozônio é mais conhecido como a camada protetora da terra. Ele que dá a cor azul ao céu.

ozônio é um gás muito instável que possui três moléculas de oxigênio. Isso significa que ele não consegue manter-se por um longo período de tempo a sua estrutura com essas três moléculas de oxigênio.

Por isso, o ozônio se liga a outras moléculas, formando outros elementos muito facilmente.

Com determinadas ações esta presente na troposfera – que é uma camada da atmosfera – e pode ocorrer naturalmente em baixas concentrações.

O ozônio é Oxidante

E, por ser altamente oxidante, o ozônio é capaz de romper a parede celular de bactérias e fungos, inativando esses microrganismos e impedindo que possam causar danos à saúde.Em razão disso, de acordo com pesquisas, o ozônio pode ser utilizado na desinfecção de utensílios, como galões de água, na água para desinfecção por meio da oxidação de compostos orgânicos e inorgânicos.

Contudo ele devido as suas propriedades ele não deve ser respirado.(Salvo em concentrações baixíssimas)

Entretanto análises químicas demostram ser seguro (quando usado de forma correta)  de outras formas- quer  de uso externo ou interno. Nestes podemos exemplificar: Em água, óleos ou creme e mesmo em aplicações subcutâneas.

A água ozonizada oferece inúmeros benefícios além da hidratação, como:

Aceleração e melhora no processo de cicatrização da pele, em caso de ferimentos.

O óleo ozonizado usado de forma tópica(na pele)  pode trazer benefícios como:

Modulação do estresse oxidativo -melhora do transporte de oxigênio no sangue E tem ações antimicrobianos e cicatrizantes.

Ozônio

 Ele  é considerado oxidante natural mais poderoso  existente

A geração é feita a partir do oxigênio presente no ar, por meio de uma reação eletro química, gerando a molécula de ozônio (O3).

Características

O ozônio é instável, sendo que: seu ciclo entre FORMAÇÃO E DEGRADAÇÃO, dura aproximadamente 45 minutos em atmosfera normal.

O + O2 = O3

O + O3 = 2O2

A instabilidade da molécula do O3 facilita a liberação de um átomo de oxigênio.

O campo eletromagnético da molécula de O3 gerada pela SLO3 é atrativo para o campo magnético das moléculas da carga orgânica.

Benefícios com o uso do ozônio

O ozônio é 1,5 vezes mais forte que o cloro e 3125 vezes mais rápido que o cloro.  Contudo sua ação ativa na forma de agir – difere do cloro. Dando proporcionalmente muito mais segurança e ampliando áreas que pode ser usada . Exemplos: Medicina, higienização, industria de alimentos etc

Na indústria de alimentos, pode ser usado como um poderoso agente antimicrobiano.

As  possíveis  aplicações na indústria

  • Frutas e vegetais: lavagem com água ozonizada;
  •  Frutos do mar: no processamento;
  •  Grãos: substituindo a água clorada;
  •  Ovos: sanitização das cascas, eliminando patógenos;

O ozônio ainda é capaz de neutralizar agrotóxicos e destruir toxinas fúngicas, podendo melhorar as características sensoriais dos alimentos, gosto, aroma e cor.

Tratamento com ozônio? 

O uso de ozônio aplicado à medicina vem cada mais colocado a disposição da população. Hoje já é possivel ser  realizado pelo SUS  (Sistema único da saúde)

A técnica consiste na administração gás ozônio (composto por 3 átomos de oxigênio) no organismo, garantindo efeitos anti-inflamatórios, analgésicos e anti-sépticos.

Muito relacionado com  o fortalecimento do sistema imunológico e de uma melhor oxigenação dos tecidos.

Varias  são os métodos de aplicação da substância : óleo e água ozonizados, bolsa plástica, sauna e injeção subcutânea são os principais. Alguns procedimentos entre eles as injeções deem seguir e efetuado por profissionais habilitados.

O número de sessões, por sua vez, depende da gravidade da doença em questão.

Não obstante  que a ozonoterapia também pode atuar de forma preventiva, evitando a ocorrência de diversas patologias.

veja também em News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *