News

A Nanotecnologia

A Nanotecnologia  vem sendo utilizado em  vários setores  Inclusive  em cosméticos  O. ozônio encapsulado com essa tecnologia pode potencializar em até 200 vezes mais o efeito do dermocosmético. Esse mesmo ozônio encapsulado quando em contato a pele injeta uma grande carga de oxigênio ativo, revitalizando as células, deixando assim, a pele mais saudável, desde a camada mais profunda – até a superfície externa.


O Óleo de Coco

O Óleo de Coco nanozonizado é considerado um dos óleos mais nobres que existem. Não contém aditivos químicos indesejados. Hidrata e nutre, podendo contribuir na produção de colágeno.

Com as suas propriedades potencializadas pelo Ozônio pode ser usado como removedor de maquiagem, hidratação dos lábios e unhas, e até mesmo como pós barba e depilação.

Ele também melhora o ressecamento, a coceira, a descamação, a aspereza e as rachaduras na pele causadas pela xerose cutânea – a secura da pele que pode ser resultado de baixa umidade do ar, clima frio, banhos muito longos e quentes, desidratação, deficiência de vitamina A, deficiência de vitamina D, lavagem frequente, queimaduras, exposição ao sol e medicamentos.

 


Conheça poder do ozônio para sua saúde.

O ozônio ou ozono ou ozónio, conhecido como trioxigênio ou trioxigénio segundo a nomenclatura da IUPAC, é um alótropo triatômico do oxigênio muito menos estável que o diatômico O₂. É uma molécula composta por três átomos de oxigênio

Tem capacidade de  germicida  – permite sanitizar praticamente todas as superfícies e ambientes. Desta forma eliminando bactérias, fungos e patógenos. Também – o ozônio é um germicida poderoso, 52% mais reativo que o cloro. O ozônio tem um poder destrutivo para vírus e bactérias superior a 99%.


A ozonioterapia consiste na aplicação dos gases oxigênio e ozônio por diversas vias, como intravenosa ou intramuscular, com objetivo terapêutico. O paciente recebe uma mistura dos gases oxigênio (95%) e ozônio (5%).

Muitos artigos relacionam  esta técnica, na ação para melhorar o sistema imunológico. Levando  oxigênio para reagir contra os invasores do corpo, como bactérias, vírus, células cancerosas.


E, aí, você já ouviu falar em nanotecnologia?

Quando falamos de cosméticos, a nanotecnologia se refere à pequenas partículas que contém princípios ativos capazes de permear nas camadas mais profundas da pele, como apontam artigos científicos. São partículas muito pequenas!

  1. A promessa é que essas partículas atravessem a barreira da pele, chegando até a derme (camada mais profunda), potencializando o efeito do produto, sendo mais rápido e eficaz.

As nanopartículas são vantajosas para aplicações cosméticas por atuarem como agentes oclusivos e também pelo potencial bloqueador das radiações ultra-violeta, atuando como filtros físicos, podendo estar combinados a filtros químicos com o propósito de melhorar a foto-proteção.

Além disso, produtos com nanotecnologia têm ação mais eficaz em rugas e preenchimentos, exatamente por conta de sua permeação mais profunda, sem riscos de atingir a corrente sanguínea.

Uma das maiores descobertas da história, esta é uma técnica terapêutica que utiliza a aplicação de uma mistura dos gases oxigênio e ozônio; ou seja, o ozônio medicinal. Usada no tratamento de um amplo número de patologias, a Ozonioterapia pode ser aplicada de modo isolado e complementar.

Noticias externas- Governo/SP                                                                                                                                                                                              Os melasmas são manchas de pele causadas por alterações hormonais durante a gravidez e uso de anticoncepcional. Clinicamente os melasmas são reconhecidos por serem manchas acastanhadas que surgem na face e nos braços….

Melasma 


Uso do ozônio

Usado a mais e 100 anos  utilizado por países desenvolvidos e com benefícios comprovados por inúmeros estudos, o ozônio tem excelentes propriedades medicinais, como:

  • Anti-inflamatórias;
  • Antissépticas;
  • Modulação do estresse oxidativo;
  • Melhora da circulação periférica e da oxigenação.

   A   ozonioterapia  como tratamento complementar pelo SUS.

O tratamento da ozonioterapia a partir de 21 de março de 2018 foi reconhecido e
incorporado nas medidas tradicionais e complementares no SUS, isso se dá um grande avanço
no uso do O3, que durante anos foi realizado estudos e mostrado seus resultados no tratamento
de diversas doenças entre elas lesões diabéticas. A partir do reconhecimento da ozonioterapia
como tratamento complementar pelo SUS,

Ozonioterapia -Estética

Sendo colocado nos últimos 3-4 anos em evidencia mo setor da estética  A ozonioterapia não  é uma novidade. O uso da Ozonioterapia na  estética e usada em muitos países a muitos anos

Veja mais sobre a ozonioterapia estética e seus benefícios

Entre as várias formas do uso do o ozônio esta seu relacionamento com a estética  pelos seus efeitos positivos na eliminação da gordura localizada e  celulites. Não obstante devidos aos seus resultados aumentou de forma considerada a sua procura deste tipo de procedimento. Considerando ser muito seguro. E, por vez ser uma opção sem a necessidade de  intervenções cirúrgicas.

O que é a Ozonioterapia?

Os tratamentos construtivos, que são feitos com gás ozônio, são chamados de Ozonioterapia. Ela é um método de tratamento bastante antiga, e passou a ser usada cada vez mais diante dos seus inúmeros benefícios.

Sendo  conhecida como um tratamento altamente eficaz, cujos efeitos terapêuticos foram comprovados cientificamente.

Fundamento :  O ozônio tem a capacidade de  aumentar a formação e as funções das células conhecidas como células defensivas contra infecções. Eles são os desinfetantes mais fortes e mais protetores.

O ozônio fortalece o sistema imunológico do corpo. Desta forma – ao  fortalecer o corpo contra todos os tipos de infecções que você pode receber de fora. Atuando diretamente no sistema imunológico. E, evidentemente sua capacidade no combate bactérias, vírus e fungos – de forma inigualável

Como fazer ozonioterapia

Ozonioterapia ?

Em resumo: trata-se da terapia com ozônio aplicam formas gasosas ou líquidas do produto por diversas vias de administração. Entre elas – endovenosa, intramuscular e retal, com finalidade terapêutica. Também usado do forma tópica por meio e óleos, cremes etc

A mistura gasosa tem cerca de 5% de ozônio e 95% de oxigênio e é produzida por equipamentos chamados geradores de ozônio medicinal.

O assunto é ozonioterapia

ozonioterapia para emagrecimento

ozonioterapia retal

Entre outras formas do uso do ozônio esta a  ozonioterapia retal.  Considerado   e muito usado nos tratamentos de ozônio.  Tem entre suas finalidades – recuperar e modular a imunidade.  Na Ozonioterapia retal  tem um poder sistêmico entre 95% a 98% que produz um efeito mais acelerado e imediato em todo o corpo.

Informações relacionam o ozônio clínico tenha um efeito sobre patógenos e condições crônicas.  Desta forma possibilitando a redução  dos sintomas e melhorando a qualidade de vida no tempo de os períodos de recidiva. (Significado de Recidiva. substantivo feminino [Medicina] Reaparecimento de uma doença (ou sintoma) que, após um intervalo de tempo, ocasiona a reincidência de seus efeitos; recaída.)

 

Ozonioterapia retal

Como funciona a Ozonioterapia retal

Durante insuflações como uma mistura de ozônio / oxigênio é introduzida através de um cateter no cólon. O ozônio ajuda a remover a inflamação, e combate patógenos- como bactérias, vírus, parasitas e levedura.

Ozônio no tratamento

O ozônio é absorvido por entre das paredes do cólon. este efeito ajuda a regular e limpar o cólon quando usado regularmente. E desta forma  ajuda a restaurar e compensar a flora e a imunidade da mucosa ao extenso da parede do cólon.

Em resumo : Ozonioterapia retal é a aplicar ozônio sistêmica de uma maneira que é completamente indolor e minimamente invasivo.

Ozonioterapia retal é uma forma de aplicar ozônio sistêmica de uma maneira que é completamente indolor e minimamente invasivo. anteriormente durante muitas décadas, os médicos na Europa usaram uma técnica mais invasiva chamada Major Autohemotherapy, onde metade de uma pinta do próprio sangue do paciente é removida e misturada com ozônio e re-injetada por via intravenosa de volta ao paciente.Este processo é usado por muitos médicos em suas clínicas nos EUA e outros países.

A Ozonioterapia retal é um método de ozonoterapia em segundo lugar apenas aos “métodos de sangue” de usar o ozônio. Isso se deve ao fato de que, ao contrário da insuflação vaginal, do uso auricular do ozônio, do gasto de água ozonizada e de muitos outros métodos de uso do ozônio, a quantidade de ozônio utilizada é conhecida com exatidão e o ozônio neste caso é mantido incluso do corpo Assegurando máxima absorção pelo corpo.

 

Ozonioterapia antes e depois

Alguns resultados usando de forma tópica.

 

Imagens dos arquivos da Oxi3 do Brasil.

Ozônio em dermatologia

Usando a mistura de dois gases comuns, ozônio (5%) e oxigênio (95%), eles são postos em um aparelho chamado gerador de ozônio medicinal. O aparelho cria uma carga elétrica de 15 mil volts, que vão para uma molécula de oxigênio puro medicinal, que contém dois átomos. Após esse processo o oxigênio se transforma em ozônio medicinal, que é composto de uma molécula e um átomo de oxigênio.

A utilização do ozônio na estética é  muito seguro  pois os riscos são praticamente inexistentes. Evidentemente usando e forma correta. O ozônio é uma biomolécula- não causa nenhum efeito alérgico . O nosso corpo utiliza-o naturalmente para a manutenção de algumas funções orgânicas , entre elas,  a ação dos anticorpos.

O uso do ozônio para o tratamento oxidante, eliminando fungos e bactérias, e inclusive, vírus são evidenciados

Alguns exemplos do uso da ozonioterapia na estética e outras áreas :

  • Gera efeito germicida e bactericida ;
  • Torna mais eficiente o sistema imune;
  • Age no metabolismo – melhora funções hepáticas, tireoidianos e renais;
  • Provoca aceleração da regeneração de tecidos;
  • Tem relevante  na ação dos óxidos nítricos causando a vasodilatação
  • Facilita a drenagem linfática;
  • Proporciona uma melhor síntese da enzima antioxidante intracelular;

 Ozonioterapia Estética na pratica  

Algumas das aplicações mais comuns são:

  •  Contra varizes, celulites e das gordurinhas localizada
  • Trata acnes e a queda de cabelos;
  • Atua na flacidez da pele e na redução da papada;
  • Rejuvenescimento da derme, redução de manchas na pele (hipercromia);
  • Proteção da pele facial e a redução das marcas da idade;
  • Ação na melhora de estrias, celulites e gorduras localizadas.

Por ser uma molécula produzida pelo próprio organismo o ozônio não causa nenhum  dano ou efeito colateral no corpo, ou seja, não há riscos de alergia ou irritação na pele, e sem contra indicações

 


O uso da Ozonioterapia movimenta milhões

O aumento o uso do ozônio em estética aumentou consideravelmente no Brasil nos últimos 3 anos. Contudo ozonioterapia não é nova.  O uso da Ozonioterapia movimenta milhões de reais por ano, e há uma crescente busca por especialização por parte desses profissionais.

Veja a lista com mais  conhecidas  que é usadas na ozonioterapia na estética:

  • Queda de cabelos;
  • Trata acnes/espinhas
  • Flacidez da pele e na redução da papada;
  • Rejuvenescimento da pele
  • Redução de manchas na pele (hipercromia);
  • Proteção da pele facial e a redução das marcas da idade;
  • Ação na melhora de estrias, celulites e gorduras localizadas.

Saiba mais – Alimentos saudáveis 

O abacate possui excelentes benefícios para a saúde, é rico em vitaminas C, E e K e minerais como potássio e magnésio, o que ajuda a hidratar a pele e os cabelos. Além disso, contém gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, como ômega-3, que atua como antioxidante e atua no controle de colesterol, prevenindo a aterosclerose.

Como forma alternativa e com inúmeras vantagens o ozônio aparece com uma excelente resultado na descontaminação de alimentos. Entre sus vantagens esta seu alto potencial de oxidação do ozônio mesmo em baixas concentrações.

Benefícios do Óleo de Coco

Ref  Óleo de coco nanozonizado

✔ Trata rachaduras e sequidão na pele;
✔ Reduz inflamações;
✔ Melhora as contraturas musculares;
✔ Fortalece cabelos quebradiços;
✔ Hidratação e prevenção da pele;
✔ Ajuda a acalmar a psoríase ou eczema;
✔ Antisséptico natural;
✔ Bactericida, virucida, fungicida;
✔ Utilizado em Protocolos Capilares (psoríase, queda capilar, dermatites…)


A eficácia da desinfecção de ambientes com ozônio foi avaliada em alguns estudos,
utilizando-se diferentes microrganismos, tempos e concentrações de exposição

O tratamento de culturas em placas de Petri de Escherichia coli; Staphylococcus aureus
suscetível e resistente à oxacilina; Pseudomonas aeruginosa suscetível a imipenem e  meropenem; Enterococcus faecalisresistente à vancomicina; Klebsiella pneumoniae suscetível
somente a carbapenens; Acinetobacter baumannii suscetível somente a carbapenens e Acinetobacter baumannii resistente a carbapenem, com uma mistura de 1% de gás ozônio e  99% de oxigênio medicinal correspondendo a 20 μg de O3/mL por 5 minutos resultou na eliminação desses microrganismos em relação a controles obtidos sob as mesmas condições.
(Fontes et al., 2012)7.portalarquivos.saude.gov.b


O ozônio usado na medicina é uma concentração combinada de oxigênio e ozônio. Tendo referencial de uso de 1 a 80 microgramas/mililitro) 30 vezes inferiores  ao  forma de uso industrial.

Sendo que  concentrações superiores a 2 microgramas / litro são tóxicas por via inalatória. A ausência de efetividade sistémica das concentrações menores que esta cifra e o elevado risco de complicações levou à proibição da sua utilização por via inalatória.

Não obstante concentrações superiores a 100 microgramas/ml são tóxicas por via parenteral, aumentando as possíveis complicações. Os diferentes tecidos têm um nível máximo de toxicidade que depende das propriedades antioxidantes dos mesmos.

Contudo  usada de forma correta Ozono Médico, demonstrou-se ausência de efeitos teratogénicos e cancerígenos em animais de experimentação e em pacientes humanos voluntários. Da mesma forma constata-se  ausência de complicações em diversos estudos clínicos à excepção dos referenciados com má prática clínica médica.

(fonte pozonoterapia.com )

Receba nosso informativo clique AQUI


Sintomas de Melasma

Os principais   sintomas do melasma estão relacionado com escurecimento de áreas da pele expostas ao sol – de forma mais significativa  no rosto. As cores variam de acordo com o tom de pele da pessoa. Tem o formato é irregular e, normalmente, simétrico, sendo igual dos dois lados do rosto.

Diagnóstico e Exames   Orientação

Com a  manchas na região do rosto ou pescoço a pessoa deve procurar imediatamente um dermatologista para verificar o que está acontecendo. Ainda que seja um caso recorrente de melasma, é importante verificar com o especialista o tipo e tratamento adequado para este momento.                                                                                                                                                                                                                                                                 O melasma não é cancerígeno, mas manchas na pele podem ter diversos significados.


Óleo de Coco nanozonizado

O Óleo de Coco nanozonizado é considerado um dos óleos mais nobres que existem. Não contém aditivos químicos indesejados. Hidrata e nutre, podendo contribuir na produção de colágeno. Com as suas propriedades potencializadas pelo Ozônio pode ser usado como removedor de maquiagem, hidratação dos lábios e unhas, e até mesmo como pós barba e depilação.

Ele também melhora o ressecamento, a coceira, a descamação, a aspereza e as rachaduras na pele causadas pela xerose cutânea – a secura da pele que pode ser resultado de baixa umidade do ar, clima frio, banhos muito longos e quentes, desidratação, deficiência de vitamina A, deficiência de vitamina D, lavagem frequente, queimaduras, exposição ao sol e medicamentos.

OZONIOTERAPIA

A ozonioterapia é pratica integrativa e complementar de baixo custo, segurança comprovada e reconhecida, que utiliza a aplicação de uma mistura dos gases oxigênio e ozônio, por diversas vias de administração, com finalidade terapêutica, já utilizada em vários países como Itália, Alemanha, Espanha, Portugal, Rússia, Cuba, China, entre outros, há décadas.

Há algum tempo, o potencial terapêutico do ozônio ganhou muita atenção através da sua forte capacidade de induzir o estresse oxidativo controlado e moderado quando administrado em doses terapêuticas precisas. A molécula de ozônio é molécula biológica, presente na natureza e produzida pelo organismo sendo que o ozônio medicinal (sempre uma mistura de ozônio e oxigênio), nos seus diversos mecanismos de ação, representa um estimulo que contribui para a melhora de diversas doenças, uma vez que pode ajudar a recuperar de forma natural a capacidade funcional do organismo humano e animal.

Alguns setores de saúde adotam regularmente esta prática em seus protocolos de atendimento, como a odontologia, a neurologia e a oncologia, dentre outras.(transcrito bvsms.saude.gov.br)

O tratamento  da água com ozônio

O tratamento  de água por ozônio baseiam-se entre outros pontos  na alta capacidade de oxidação maior do que a do cloro, o que elimina de forma muito rápida os microorganismos, inclusive os vírus.  Em meio ácido,apenas o flúor e certos radicais livres possuem uma capacidade maior de oxidação.

Com custo menor  ainda  tem a  vantagem do ozônio – comparando com  o cloro – é que o ozônio não produz subprodutos das reações Não  deixa os efeitos indesejados – cheiro forte, irritação dos olhas e ressecamento da pele e cabelo.                                                                   O ozônio possui ação rápida. Vejamos o exemplo:  Escherichia coli é destruída em 5 segundos pelo ozônio. No cloro precisa de 15 segundos para a mesma concentração de oxidante (1 grama por metro cúbico, ou g/m3).

Receba nosso informativo

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *